terça-feira, 11 de outubro de 2016

Entrevista - Coldblood (Brasil)

Coldblood continua seu legado de fazer um death metal de elevado nível musical e filosófico, indicado aos iniciados, aqueles que vivenciam, compreendem e buscam o conhecimento através do satanismo, indicado para aqueles que compreendem que o metal nas suas vertentes mais extremas não são apenas música, apenas estilos musicais, mas muito mais que isso, muito mais...
Confira a entrevista que fizemos com a melhor banda de death metal do Rio de Janeiro de todos os tempos, o supremo Coldblood.




Saudações, muito obrigado por nos ceder essa entrevista ao nosso blog “Questões e Argumentos”, é uma honra entrevista-lo. Como está sendo o ano de 2016 para a banda ColdBlood e quais são os planos para o futuro?

Markus Couttinho: Saudações! Esse ano lançamos um novo álbum chamado “Indescribable Physiognomy of the Devil” e agora estamos preparando um novo vídeo para promovê-lo. Os planos são: Continuar os trabalhos de divulgação e cair na estrada assim que possível.


Como tem sido a recepção de “Indescribable Physiognomy of the Devil” mundo afora?

Markus Couttinho: Em relação a imprensa, temos acompanhado algumas resenhas no exterior e as críticas tem sido muito positivas. Aqui no Brasil também temos encontrado resenhas expressivas e também percebemos que não só os fãs de Death Metal tem curtido o material mas também os que curtem Black Metal, empolgados com o álbum. É bom saber que o material tem agradado não só a imprensa especializada mas também ao público de diferentes vertentes.


Como foi o processo de produção do álbum?

Markus Couttinho: Escrevemos as músicas, ensaiamos e em seguida fizemos a pré produção, aonde conseguimos ter uma ideia melhor do que viria a ser o álbum. É bom ouvir o disco antes de gravá-lo definitivamente, você tem a oportunidade de lapidar o diamante bruto e assim criar os melhores arranjos e linhas vocais para as músicas. A mixagem e masterização foram feitas no Underworld Studio na Alemanha com o produtor Chris “Mersus” Mening (Destroyer 666).



Como tem sido a parceria com o selo “Satanath Records”?

Markus Couttinho: Tem sido muito boa. Eles lançaram o álbum na Rússia mas com distribuição por toda Europa além de terem fechado uma parceria com a Qabar Extreme Music PR (Bangladesh) que está cuidando de todo o trabalho de divulgação na Europa, Ásia e América do Norte.


Quando serão os próximos shows da banda? Deixe as datas para nossos leitores.

Markus Couttinho: Ainda não temos nada definido. Estamos em negociação para uma turnê fora do Brasil e assim que possível divulgaremos.



Onde é possível adquirir o material de merchandising da banda? Cd’s, camisetas, etc?

Markus Couttinho: No Rio de Janeiro  você pode encontrar nosso material com a Blizzard Rec. Em São Paulo você pode encontrar na Galeria do Rock na loja da Mutilation Rec. Em Belém do Pará você também pode adquirir nosso material  na loja da Distro Rock Rec. Ou se preferir com a própria banda através do nosso perfil oficial no Facebook (www.facebook.com/coldblood.officialpage)




Markus, Quais bandas você tem ouvido ultimamente?

Markus Couttinho:  Ultimamente tenho feito releituras em álbuns antigos como: (Morbid Angel - Blessed Are the Sick), (Mercyful Fate - A Corpse Without a Soul), (Destruction - Infernal Overkill), (Running Wild - Gates to Purgatory), (Ozzy Osbourne - Diary of a Madman), (Slayer - Hell Awaits)....São fontes de inspiração e você sempre tem algo a aprender com os mais velhos.

Quais são as principais inspirações para as composições das letras da banda?

Diego Mercadante: Abordamos satanismo teísta em nossas letras e de que maneira isso influencia aspectos filosóficos e práticos, principalmente na minha vida. Olhar o mundo e ver como o demiurgo falhou brutalmente me deixa fascinado.


Diego, Quais são suas principais influências musicais?


Diego Mercadante: Acredito que Deicide, Morbid Angel, Bolt Thrower, Mayhem e Behemoth sejam as mais explícitas.


Muito obrigado pela entrevista, deixe suas considerações finais e um recado para aqueles que apóiam a banda e leitores do blog, deixe seus contatos.




Markus Couttinho: Obrigado a Questões e Argumentos pela entrevista e um salve aos leitores e apoiadores. Ouçam o novo álbum...nos vemos na estrada!







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários que conterem publicidade e divulgação de site ou algo malicioso, ambas serão moderadas!!